Tag-Archivo para » marcos proença cabeleireiro «

quarta-feira, dezembro 07th, 2011 | Author:

O cabeleireiro Fabrizio Raimondo passou mais da metade de seus 38 anos de vida entre cortes, tinturas e penteados. Está há 20 na profissão, fora o tempo que observou a família, que também é do ramo, em atuação. Atualmente, ele divide seu tempo entre apresentações em eventos internacionais, a administração de um salão próprio em Rosário, na Argentina, e a direção do Instituto para la Capacitación Estética (ICES), onde são formados anualmente 800 profissionais de diferentes nacionalidades.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, setembro 23rd, 2011 | Author:

Três vezes vencedor do Eastern Hairdresser of the Year e um dos finalistas do British Hairdressing Awards de 2007, o hairstylist Mark Leeson é conhecido também por frases polêmicas, como: Espero que o cabelo da Victoria Beckham não inspire ninguém. Leeson acredita na imagem pessoal como trunfo e afirma que um salão estiloso é o caminho para a construção de um negócio lucrativo.

Na coleção Gem Colour, as cores expressam falta de compromisso com ditames formais. O vermelho chocante e o roxo são acompanhados por pontas desfiadas e franjas diagonais. Os loiros, sempre na moda, têm nuances acinzentadas e douradas.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, agosto 20th, 2011 | Author:

Equipamentos para cabeleireiros: Miguel pode ser definido como uma tradução de experiência, técnica, talento e versatilidade, que jamais abriu mão de seu próprio estilo. Em sua trajetória profissional trabalhou cm vários salões, na Vila Formosa, bairro de São Paulo, mas foi no bairro da Moóca, na capital paulista, que ele foi reconhecido profissionalmente. “Houve uma grande receptividade do público. Cada cliente indicava o meu trabalho para outra, a clientela cresceu demais e resolvi montar meu próprio salão”, lembra.

Para realizar esse projeto, o hairtsylist contou com a ajuda do pai, que antes desaprovava a profissão e que com o tempo passou a apoiá-lo de forma integral. “Mostrei meu trabalho e fui reconhecido. E por ter feito por merecer, minha família acreditou e investiu”. Foi então que ele abriu seu primeiro salão, na Rua do Oratório, Moóca, em estilo colonial/medieval, bastante conceituai para a época, 1977.

Compartilhe no:
  • Orkut