Arquivado em la Categoría » Cabelo coloração «

domingo, setembro 16th, 2012 | Author:

Segundo Damaris Gomes, ins-trutora do centro de treinamento Jean Louis David, em São Paulo, o relaxamento serve tanto para soltar os cachos quanto para dar um efeito liso aos ondulados. Tudo depende do tempo de atuação do produto: quanto maior, mais liso o resultado. Marlinda Cordeiro também indica a técnica para dar leveza aos étnicos.
Com ação definitiva, o relaxamento pode ser feito com produtos à base de guanidina (principalmente no caso dos étnicos) ou tioglicolato de amônia. Damaris explica que é possível relaxar fios tingidos, desde que o oxidante usado na coloração tenha até 20 volumes. Em todo caso, deve-se fazer sempre um teste antes da química. Se a cliente deixar para pintar o cabelo depois da transformação, precisa esperar uma semana e usar um tonalizante sem amônia.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, setembro 14th, 2012 | Author:

Os produtos usados na transformação contêm elementos capazes de quebrar as ligações de cistina e enxofre que compõem as moléculas capilares. Entre os princípios ativos mais comuns estão o hidróxido de sódio (conhecido como soda cáustica), o tioglicolato de amônia e o hidróxido de guanidina. Mais tradicional, o hidróxido de sódio é totalmente incompatível com o tioglicolato, versão suave da amõnia comum. A mistura dessas duas substâncias parte os fios, mesmo que haja um intervalo de meses entre as aplicações. Menos agressiva, a guanidina é composta por dois ingredientes: hidróxido de cálcio e carbonato de guanidina. Com pH alcalino, serve tanto para alisar quanto para relaxar, dependendo da técnica utilizada.
A escolha do método e do princípio ativo depende do tipo de cabelo e do resultado desejado. Por isso, Marlinda Cordeiro, do salão carioca Iblon, diz que a análise dos fios e uma boa conversa são indispensáveis antes da transformação. Além de verificar o estado do couro cabeludo, a textura, a porosida-de e a elasticidade do fio, a cabeleireira submete a cliente a uma bateria de perguntas, que vão desde o uso recente de químicas até hábitos como prender os fios, usar secador ou fazer hidratações.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, julho 24th, 2012 | Author:

Técnicas de coloração: começar a aplicação de Platinium Plus, da LOréal Professsionnel, com oxidante de 9% pela nuca, usando uma plaquete. Separar as mechas seguintes, mantendo um espaço de 1,5 cm entre elas. Aplicar o descolorante, respeitando uma distância de 4 a 5 cmda raiz. Seguiro mesmo procedimento até a penúltima camada. Mas não aplicar na última camada, para manter o efeito de naturalidade. Após concluir o trabalho na parte de trás, repetir o procedimento na parte da frente. Respeitar o tempo de pausa até obter o grau de clareamento desejado.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, setembro 06th, 2011 | Author:

Após secar os cabelos, fazer três divisões na linha frontal: topo e laterais. Na parte posterior, duas divisões. Começar as mechas na parte posterior, acima da linha da orelha. Utilizar um pente separador de mechas, que além de separar todas as mechas, simultaneamente, proporciona rapidez ao trabalho do profissional. Após separar as mechas com o pente específico, colocar o papel com velcro e aplicar pó descolorante com oxidante de 40 volumes, da raiz às pontas, mantendo meio centímetro de distância da raiz.

Em seguida, encaixe a parte superior do papel e pressione o velcro. Seguir a mesma técnica nas laterais do cabelo, um lado de cada vez. Repetir o processo no topo  da cabeça. Deve-se clarear até  à altura do louro médio,  Acompanhar a necessidade da  coloração do fio através de controle visual. Por último, tonalizar com um tom dourado, com oxidante de 10 volumes. Tempo de ação: 25 minutos.

Compartilhe no:
  • Orkut